7 desafios

O mercado de trabalho está cada vez mais exigente, tanto que isso já deixou de ser novidade. Na área de tecnologia essa realidade é ainda mais presente e obriga os profissionais a permanecerem atentos a uma série de requisitos que são constantemente pedidos nas vagas de trabalho.

Aos programadores cabem alguns alertas especiais, que serão vistos logo abaixo e são importantes tanto para iniciantes quanto para os mais experientes. Se você procura ou já procurou vagas de trabalho na área, poderá confirmar que muitos destes requisitos são solicitados frequentemente.

Confira os 7 maiores desafios do mercado de trabalho de um programador:

Qualificação

Formação técnica compatível com a função é um dos pré-requisitos para quem pretende trabalhar com programação. Essa formação pode ser uma graduação em áreas como Ciência da Computação ou Análise de Sistemas, cursos técnicos como Análise e desenvolvimento de sistemas, Telecomunicações e outros ou ainda cursos de formação em áreas específicas, como programador web, java, entre outros.

 

Atualização constante

Além de formação específica, o programador deve estar atento às atualizações do mercado, sejam elas relacionadas às tecnologias, às mudanças frequentes na área de TI ou, especialmente, à sua atualização enquanto profissional. IDEs sofrem atualizações constantes, e as linguagens de programação sejam quais forem também são atualizadas com frequência; pacotes, bibliotecas e APIs são apenas algumas delas.  

 

Comunicação interpessoal

Pode parecer algo simples, mas comunicação interpessoal costuma ser um dos maiores pontos fracos dos programadores e, por isso, é constantemente solicitada como pré-requisito para vagas de trabalho. Embora na maior parte do tempo o programador precise trabalhar altamente concentrado, há processos nos quais ele deve fazer parte, como trabalhos em equipe e comunicação com a área de documentação ou comercial da empresa. São várias as situações que tornaram obrigatória a comunicação do programador com outros membros da empresa, portanto, essa é uma habilidade que também precisa ser desenvolvida.

 

Gerenciamento do tempo

Programadores fazem parte de pequenos e grandes projetos e todos estes possuem diferentes etapas. Aqui entra a importância de conseguir fazer um bom gerenciamento do tempo. Definir prazos, metas e atividades diárias pode ser um bom começo.

A maioria das empresas costuma utilizar ferramentas para auxiliar na gestão de tempo e desenvolvimento das atividades. Porém, caso o programador trabalhe de forma independente ou até mesmo tenha alguma preferência por ferramentas específicas, é interessante que ele tenha liberdade para utilizá-las.

 

Conhecer todo o processo

Todo projeto inclui inúmeras etapas e o ideal é que toda a equipe esteja alinhada. Mesmo que o programador não participe efetivamente de tomadas de decisões, é importante que tenha conhecimento de todo o processo, bem como as etapas e atividades que devem ser contempladas em cada uma delas. Isso permite ao programador maior liberdade para sugerir inovações e melhorias, além de permitir maior comunicação com sua equipe.

 

Controle das atividades

Assim como é importante gerenciar o tempo, o programador deve se habituar a controlar suas atividades. Seja diariamente, semanalmente ou até mensalmente, devem ser definidas as atividades a serem entregues em um determinado período. Esse hábito agrega valor ao trabalho de um programador, por demonstrar sua organização e efetividade nas entregas. Além disso, ajuda a manter a motivação por alcançar as metas definidas.  

 

Ferramenta

Para tornar o dia a dia mais tranquilo, o programador pode (e deve) utilizar algumas ferramentas que o auxiliem no controle das atividades, na gestão do tempo e até mesmo na comunicação com os demais membros da equipe. Alguns exemplos são as ferramentas para gestão de atividades e tempo, como o Trello, Runrun.it e HINC, e de comunicação como o Skype e o Slack, entre várias outras. Existem diversas ferramentas gratuitas que podem ser utilizadas para essas finalidades, cabendo às empresas e programadores verificar as que melhor atendem às suas necessidades.

 

E aí programador, pronto para superar todos os desafios?